Resenha – Pai Rico, Pai Pobre

“Pai Rico, Pai Pobre” é um livro cujo tema central trata da educação financeira. Usando sua própria história de vida, o autor Robert Kiyosaky, em parceria com Sharon Lechter mostra de modo bem claro e com uma escrita de fácil compreensão como ele deu os primeiros passos e se aposentou aos 47 anos, deixando que o dinheiro trabalhasse para ele.

Um dos maiores questionamentos de Robert em todo o livro é o fato de as escolas não ensinarem sobre finanças aos alunos. Do início ao fim Robert fala sobre inteligência financeira e uma das frases fortes que o livro traz logo nas primeiras páginas é:

“Qualquer um pode alcançar a prosperidade se decidir fazê-lo.”

Robert teve 2 pais, o rico e o pobre, e o mais engraçado é que o pai pobre era o que possuía mais instrução, enquanto o pai rico não tinha tanto estudo. Pode soar estranho para você – soou pra mim também quando iniciei a leitura – mas faz todo o sentido.

A cada página é possível extrair conhecimentos, fazer reflexões e compreender o quanto é importante a inteligência financeira. No primeiro capítulo do livro Robert diz:

“…ao falar automaticamente ‘Não dá para comprar isso’ seu cérebro para de trabalhar. Ao perguntar ‘O que posso fazer para comprar isso? ‘, você mantém seu cérebro trabalhando.”

E a partir desse momento eu comecei a refletir em tudo o que eu já havia dito, pensado e experimentado em relação ao dinheiro. Demorei uma semana para ler o livro, mas foi uma experiência incrível, um aprendizado enorme.

Ao longo dos capítulos Robert compartilha 6 lições que ele aprendeu com seu pai rico e que proporcionaram a ele a chance de se tornar rico também:

  1. Os ricos não trabalham pelo dinheiro
  2. Para que alfabetização financeira?
  3. Cuide de seus negócios
  4. A história dos impostos e o poder da sociedade anônima
  5. Os ricos inventam dinheiro
  6. Trabalhe para aprender – não trabalhe pelo dinheiro

Robert gosta de dar exemplos que facilitam a compreensão e no capítulo 9, quando está falando sobre os “10 passos para ajudar a desenvolver os poderes que Deus nos deu” ele usa o seguinte exemplo ao falar sobre o poder da doação:

Isso me lembra a história do cara sentado com lenha nos braços numa noite gelada. E ele gritava para a lareira à sua frente: “Quando você me esquentar um pouco, eu ponho um pouco de lenha dentro de você.

Por todo o livro é possível encontrar ensinamentos sobre inteligência financeira, com os mais variados tipos de investimento, desde imóveis até ações.

Aprendi muito com esse livro e digo que só não sou rico porque até o momento eu me sabotava dizendo que entendia de finanças mas na verdade, eu não sabia era nada, e acredito que seja assim com muitas pessoas.

“Pai Rico, Pai Pobre” é para mim um verdadeiro manual de como dar os primeiros passos rumo a um outro estilo de vida, onde o dinheiro trabalhar e nós apenas ficamos olhando, como espectadores, todo o movimento.

Se você quer entender de verdade o que é a inteligência financeira que não aprendemos na escola, esse é o livro.

 

 

 

Compartilhe na sua rede
  • 5
    Shares

Seu comentário é muito importante!

Venha fazer parte da lista dos realizadores!

Ao entrar para a lista dos realizadores você terá acesso a conteúdos exclusivos que lhe ajudarão a realizar seus sonhos!

Parabéns! Você já faz parte da lista dos realizadores!

Para não correr o risco dos emails caírem na caixa de spam, adicione o endereço contato@jonathanlamim.com.br à sua lista de contatos.

Fast Coaching
Análise de Perfil Comportamental
Palestras & Treinamentos