fbpx

Como transformar a adversidade em oportunidade e alcançar o sucesso

Transformar a adversidade em oportunidade é uma habilidade natural que está presente em apenas uma parte das pessoas.

Mas o melhor de tudo é que essa habilidade pode ser aprendida, praticada, potencializada e utilizada para alcançar um sucesso cada vez maior.

Se você acredita que não possui essa habilidade, vou te ensinar uma forma muito fácil de começar a praticar e adquirir tal habilidade.

Modelo ABCD

O modelo ABCD é uma forma muito eficiente para ajudar você as oportunidades mesmo estando em caminhos adversos.

Esse modelo teve início com Albert Ellis, o pai da terapia cognitiva; foi adaptado por Martin Seligman e utilizado por Karen Reivich e Andrew Shatte, no livro The resilience factor.

A definição ABCD vês das palavras em inglês Adversity (Adversidade), Belief (Crença), Consequence (Consequência) e Disputation (Contestação).

Adversity (Adversidade)

A adversidade é aquilo que não podemos mudar; é o que aconteceu, a primeira etapa do caminho que leva à oportunidade.

Belief (Crença)

É a reação ao que aconteceu; a certeza que temos sobre o motivo do ocorrido e seu significado para o futuro.

Consequence (Consequência)

É o que pode vir a acontecer por conta da ação das crenças em relação à adversidade.

Disputation (Contestação)

É a ação a ser executada para identificar se a certeza sobre o que aconteceu é apenas uma crença e não um fato.

Aplicando o modelo ABCD

Shawn Achor (2010) diz que “o medo que temos das consequências é sempre pior que as consequências em si”.

Se o medo das consequências é pior do que as próprias consequências, então é sinal de que sabemos exatamente qual é a adversidade (A), e esse é o primeiro passo na aplicação do modelo.

Conhecendo a adversidade, é hora de reconhecer as crenças (B) sobre ela, identificar se é algo temporário ou permanente, se existem soluções disponíveis ou acredita que a solução é impossível.

A partir do reconhecimento dessas crenças começam a ser visualizadas as possíveis consequências (C) geradas pela adversidade, consequências essas que podem ser positivas ou negativas.

E é nesse momento que começam as contestações (D) visando identificar se tudo não passou de uma crença muito forte, ou se realmente é um fato.

Psicólogos recomendam fazer essa contestação como se estivesse lidando com outra pessoa, de modo a externalizar a voz, visualizar a contestação.

Agora que você já sabe o que é e como funciona o modelo ABCD, o que acha de aplicá-lo em seu dia-a-dia?

Escolha uma adversidade, aplique o modelo ABCD e desfrute dos resultados. Ah, e não se esqueça de compartilhar esses resultados depois aqui nos comentários.

Seu comentário é muito importante!

Venha fazer parte da lista dos realizadores!

Ao entrar para a lista dos realizadores você terá acesso a conteúdos exclusivos que lhe ajudarão a realizar seus sonhos!

Parabéns! Você já faz parte da lista dos realizadores!

Para não correr o risco dos emails caírem na caixa de spam, adicione o endereço [email protected] à sua lista de contatos.

Fast Coaching
Análise de Perfil Comportamental
Palestras & Treinamentos
X