Blog

Alta Performance

Como a ansiedade pode destruir a alta performance

- Por Jonathan Lamim

Sentir a ansiedade em alguns momentos da vida como o nascimento de um filho, uma entrevista de emprego ou o resultado do vestibular é mais do que normal.

Mas quando a ansiedade começa a fazer parte da rotina ela torna-se uma preocupação.

Assim como a depressão é excesso de passado, a ansiedade é excesso de futuro e todo esse excesso faz com que a qualidade de vida seja comprometida e principalmente a performance tanto na vida pessoal quanto profissional.

Pessoas ansiosas sofrem com alguns sintomas como por exemplo:

  • mente inquieta ou agitada
  • instatisfação
  • cansaço físico exagerado
  • sofrimento por antecipação
  • irritabilidade
  • impaciência
  • tédio
  • dificuldade de lidar com pessoas lentas
  • baixo limiar para lidar com frutrações
  • dor de cabeça
  • dores musculares
  • queda de cabelo
  • taquicardia
  • aumento da pressão arterial
  • déficit de concentração
  • déficit de memória
  • insônia

Esses sintomas são familiares para você ou para algum conhecido seu?

SPA – Síndrome do Pensamento Acelerado

A SPA é um conceito relativamente novo, ela foi descoberta por Augusto Cury e às vezes é confundida com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) por apresentar sintomas similares.

Pensar é bom, pensar com consciência crítica é melhor ainda, mas pensar excessivamente é uma bomba contra a qualidade de vida, uma emoção equilibrada, um intelecto criativo e produtivo. – Augusto Cury

Você seria capaz de ver um filme onde as cenas eram passadas rapidamente? O que você sentiria ao ver o filme?

Assim como acontece em um filme com cenas aceleradas são os pensamentos das pessoas que sofrem de SPA, onde o pensamento roda o seu “filme” em uma velocidade muito acima da natural, o que gera um custo físico e psíquico muito alto para as pessoas que sofrem dessa síndrome.

Imagine uma esteira que foi projetada para trabalhar a uma velocidade de 5km por hora durante 10 horas sem interrupção. Ao colocar essa esteira para trabalhar a uma velocidade de 6km pelas mesmas 10 horas, ela já sofrerá os impactos, ao dobrar essa velocidade e aumentar o tempo, os danos podem ser maiores, ao colocar essa esteira para trabalhar de forma ininterrupta a 10km por hora diariamente, o risco de quebra e danos é enorme.

Sua mente foi preparada para pensar de forma acelerada 24 horas por dia? Seu corpo foi preparado para responder aos pensamentos acelerados?

Existem muitos fatores – que em excesso – causam a SPA, que fazem nossos pensamentos se acelerarem e se manterem acelerados:

  • excesso de informação
  • excesso de atividades
  • excesso de trabalho intelectual
  • excesso de preocupação
  • excesso de cobrança
  • excesso de uso de celulares
  • excesso de uso de computadores

O nosso cérebro possui dispositivos capazes de controlar nossos pensamentos e memória de modo a nos proteger, mas com tantos excessos haverão comprometimentos.

Para você ter uma ideia dos efeitos da SPA na alta performance uma pessoa com alto índice de estresse e com SPA é capaz de gastar mais energia do que 2, 3 ou até 10 trabalhadores braçais.

É positivo e faz sentido para você trabalhar como uma máquina, fazer tudo rapidamente, dar conta de 200% das tarefas, mas perder a tranquilidade de viver, a motivação e até mesmo as pessoas que ama?

A principal causa da SPA é o excesso de informação, e ela está em todo lugar, no que vemos, ouvimos, falamos, até mesmo no que sentimos.

Consequências da SPA

A SPA traz consequências emocionais, intelectuais, sociais e físicas e essas consequências podem levar anos para se apresentarem. A seguir compartilho com você uma lista das consequências mais comuns da SPA:

  • insatisfação crônica
  • doenças psicossomáticas
  • comprometimento da criatividade
  • comprometimento do desempenho intelectual global
  • deterioração das relações sociais
  • dificuldade de trabalhar em equipe
  • dificuldade de cooperar socialmente

A sua alta performance pessoal e profissional depende de como você gerencia os seus pensamentos, do quanto faz com que eles trabalhem a seu favor, produzindo em você uma carga positiva de energia e não consumindo toda a sua energia, forçando seu corpo a produzir mais energia do que ele é capaz.

Se você controla os seus pensamentos, consequentemente conseguirá controlar o seu foco para realização das tarefas necessárias, e isso fará com que você possa realizar essas tarefas de maneira mais eficiente, em menos tempo, sem perder a qualidade, tendo assim mais tempo para se dedicar a outras tarefas.

Mantenha o controle dos seus pensamentos e assim você conseguirá controlar as suas ações e manter a alta performance.

Como controlar a ansiedade

Você pode controlar a ansiedade através de práticas simples e diárias, como por exemplo:

  • não sofrer por antecipação
  • compreender o poder da autorresponsabilidade
  • questionar-se de maneira inteligente
  • reprogramar suas crenças
  • filtrar as informações e a quantidade absorvida
  • tirar um tempo para relaxar
  • fazer atividades físicas
  • praticar meditação

Se a ansiedade é excesso de futuro, é sinal de que você não está no presente, e se o futuro é algo que ainda não existe de forma concreta, quando você o fará concreto?

A resposta para essa pergunta é NO PRESENTE.

O futuro que consome seus pensamentos, suas energias, sua performance só se tornará realidade se você agir no PRESENTE, agora, em prol da construção dele.

Mantenha seu foco no PRESENTE, use o passado e o futuro apenas para aprender coisas boas e se inspirar, respectivamente, tornando assim o momento atual mais prazeroso e aumentando as possibilidades de resultados extraordinários.

Você sabia que existe uma metodologia capaz de ajudar você a vencer a ansiedade e alcançar o mais alto nível de performance pessoal e profissional, além de te ajudar a alcançar suas metas, objetivos e sonhos?

Para ajudar você a conhecer melhor essa metodologia eu preparei um e-book gratuito com mais detalhes e com casos de sucesso do uso dessa metodologia. O download pode ser feito agora, clicando aqui.

 

Compartilhe na sua rede
  • 18
    Shares

Comentários